Fogo Morto

José Lins do Rego


Fogo Morto

Fogo Morto

  • Title: Fogo Morto
  • Author: José Lins do Rego
  • ISBN: 9788503003391
  • Page: 280
  • Format: Paperback



Publicado em 1943, Fogo Morto a ltima obra do mais expressivo dos ciclos de Jos Lins do Rego o da cana de a car Apesar de marcar o t rmino da s rie, com a decad ncia dos senhores de engenho, o romance tamb m assinala seu auge, seu momento de supera o, constituindo uma obra prima da literatura regionalista, de car ter neo realista Descendente de senhores de engenhPublicado em 1943, Fogo Morto a ltima obra do mais expressivo dos ciclos de Jos Lins do Rego o da cana de a car Apesar de marcar o t rmino da s rie, com a decad ncia dos senhores de engenho, o romance tamb m assinala seu auge, seu momento de supera o, constituindo uma obra prima da literatura regionalista, de car ter neo realista Descendente de senhores de engenho, o romancista soube fundir numa linguagem de forte e po tica oralidade as recorda es da inf ncia e da adolesc ncia com o registro intenso da vida nordestina colhida por dentro, atrav s dos processos mentais de homens e mulheres que representam a gama tnica e social da regi o , descreve o cr tico liter rio Alfredo Bosi, em Hist ria Concisa da Literatura Brasileira O romance, narrado em terceira pessoa, dividido em tr s partes Cada uma conta com seu pr prio protagonista, como se fossem tr s hist rias distintas e sucessivas No entanto, os personagens principais mestre Jos Amaro, Coronel Lula de Holanda e o Capit o Vitorino se inter relacionam durante toda a narrativa, quase inteiramente ambientada no Engenho de Santa F Na primeira parte, o mestre Jos Amaro seleiro orgulhoso e conservador espalha rancor sua volta Temido pelo povo da v rzea por sua apar ncia horr vel e pela raiva acumulada, ele surra a filha hist rica com o intuito de cur la mas acaba por enlouquec la e maltrata a esposa que por fim foge com a menina Na segunda parte do romance, o coronel Lula de Holanda, tamb m orgulhoso, n o consegue fazer prosperar o engenho que recebera de heran a Autorit rio, n o permite que nenhum homem se aproxime da filha, que permanece solteirona e melanc lica Depois de sofrer um ataque de epilepsia na igreja, torna se devoto Gasta todo o dinheiro que lhe restou Por fim leva o engenho a fogo morto propriedade que n o produz mais Na terceira e ltima parte, o capit o Vitorino, personagem quixotesco, idealista e sonhador, procura lutar por seus ideais Os tr s, conforme atesta Bosi, s o express es maduras dos conflitos humanos de um Nordeste decadente.


Recent Comments "Fogo Morto"

Demorei duas semanas para terminar a primeira parte, quatro dias pra segunda, e um pra terceira. Ou seja, esse livro vai melhorando enquanto você vai lendo e tem um final muito bom.

O livro é um primor – é bom começar pelo óbvio. Prende tanto, é tão interessante, que eu me peguei lendo andando e quase me acidentei, de tão absorvente. Contando a mesma história, a narrativa perpassa três núcleos, três sóis que são o mestre José Amaro, o capitão Lula de Hollanda e o capitão Vitorino. O primeiro é um sol de caatinga, ríspido, amargo. Consumido por uma doença degenerativa do corpo e irritante da alma, o pobre mestre não deixa de ser uma criatura fascinante. [...]

Um dos principais livros de nossa literatura, trata do ciclo da cana de açúcar, sua formação, ascensão e declínio. Um livro triste que traz um dos personagens inesquecíveis da literatura brasileira, o capitão Vitorino Carneiro, que pela sua triste figura costuma ser comparado a Dom Quixote.

Livro incrível, uma união maravilhosa da tradição popular e da literatura. personagens inesquecíveis, muito humanos e sensíveis, uma verdadeira obra-prima!

A descrição desta obra está toda contida no título - ler o romance é fogo e, ao final, você estará morto.

Excelente romance.Os três personagens foco são muito bons. José de Amaro conquistou-me desde a primeira página, e a sua amargura me tocou bastante. Lula de Holanda foi muito bem trabalhado, embora mais difícil de simpatizar. Vitorino Carneiro da Cunha cresceu em mim com o decorrer da história (o que aconteceu com os personagens do próprio romance, ao que me parece), e posso dizer que acredito nele. Vitorino parece trazer valores tradicionais de honra (a sua coragem, e o seu orgulho pela s [...]

Fogo Morto é a obra prima de José Lins do Rego, e também a última obra-prima do regionalismo neo-realista da década de 1930. Boa parte da obra do autor é dividida em "ciclos" e Fogo Morto é o quinto e último livro do "ciclo da cana de açúcar". O seu estilo contido e direto lembra "Vidas Secas" de Graciliano Ramos, que assim como Gilberto Freyre (Casa Grande e Senzala) foram amigos pessoais do autor. O estilo de escrita simples, livre das convenções gramaticais (sem procurar "escrever [...]

Uma aula de história. José Lins do Rego nos mostra, com muita genialidade, como as mudanças políticas ocorridas no século XIX no Brasil reverberaram na vida das pessoas do interior. O autor cita cangaceiros, decadentes senhores de engenhos, escravos antes e depois da abolição, as tropas do governo brasileiro e sua impiedosa/violenta jornada pela legitimação da recem formada república. Ótima leitura.

O livro é dividido em três partes, narrando a vida de três personagens que se entrelaçam constantemente, José, Lula e Vitorino, que representam essa época e essa terra. É uma obra prima difícil de explicar mas que prende o leitor a cada página.

Capitão Vitorino vale pelo livro todo. Ele é um dos personagens mais marcantes e mais bem construídos que já li.


  • [PDF] Download ✓ Fogo Morto | by ↠ José Lins do Rego
    280 José Lins do Rego
  • thumbnail Title: [PDF] Download ✓ Fogo Morto | by ↠ José Lins do Rego
    Posted by:José Lins do Rego
    Published :2018-05-03T09:44:05+00:00